Dojo com UX Canvas no Tecnotalks

Os dojos são dinâmicas feitas de aprendizado misturado com a prática.

O que fizemos no último encontro do TecnoTalks — um grupo rotativo de pessoas dentro do TecnoPUC que organiza encontros pros profissionais apresentarem suas idéias — não foi diferente disso.

Junto com o Pedro Belleza e o Danilo Barros (ambos da HP), aplicamos uma técnica que ainda não tínhamos usado: o UX Canvas. Na abertura, usamos essa apresentação, que serviu pra por na roda conceitos mais ou menos obrigatórios da área.

20130321-073338.jpg
Participantes

A proposta é um pouco semelhante ao dos outros Canvas (Bussiness Model, Lean…), que é a de construir, de forma dinâmica, um quadro que demonstre quais elementos estão em jogo em determinado projeto, produto, serviço…

20130321-080733.jpg

canvas-09

(Ux Canvas é um projeto de Fernanda Parisi e Daniel Ranzi Werle.)

Desafio

O desafio proposto foi projetar — com a ajuda do Canvas, é claro — uma solução pra inscrições e acesso aos conteúdos gerados no TecnoTalks. O problema realmente existe atualmente. Como o evento é voluntário e tem uma comissão cambiante, hoje o principal problema é gerenciar as inscrições de forma fácil, bem como armazenar as apresentações num lugar de acessível.

576078_460914067313806_340995265_n
Pedro Belleza e eu no 1o. Stand-up Comedy Dojo.

Cliente

A Tatiana Ximenes representou o cliente. Ela já participou várias vezes da comissão de organização, portanto esse papel lhe coube muito bem, além de dar um bom aspecto de verossimilhança à dinâmica.

20130321-073404.jpg

Comentários

Nos dois dias em que a dinâmica foi realizada, o principal comentário foi o de que não ficou muito claro como as partes do Canvas se relacionam (diferente de outros canvas, comentaram os participantes).

Também percebemos que não há um lugar destinado ao problema, e que esse poderia  ocupar o lugar do Artefato/Idéia, talvez.

No geral o quadro se mostrou muito útil pra agregar conceitos, requisitos e observações que de outra forma ficariam desconectadas. Um comentário que também faço é o de que o UX Canvas pode servir, no mínimo, para afirmar o óbvio (“esse é o nosso cliente, esse é o nosso usuário…”), embora, ao questionarmos, isso nem sempre se mostre tão óbvio quanto pensamos ser.

0 Comments +

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s